domingo, 14 de fevereiro de 2010

Na Dor de uma Lágrima

Quinta recebemos uma noticia, de que minha tia passou mal e tava no hospital, no inicio, sem mtas noticias achamos que não era nada de grave, mas o telefone toca, e ficamos sabendo que minha tia, uma mulher tão nova, era aparentemente saudaveel, trabalhora, prestativa, sofreu um derrame cerebral...e em um ato meio de desespero minha vó fala ao telefone com a irmã dela ' Meu Deus, o que esta acontecendo com nossa familia?
Ano passado sofreemos demais com muitas percas em nossa familia, meu tio, tias, minha vó, meu primo, e o pior é que foram uma perca atras da outra, posso dizer que foi o meu pior ano...e logo agora, ano novo, as cicatrizes 'fechando' e acontece isso com alguem tão querida com nossa familia. Médicos deu esperança, mas no fundo sabemos que só Deus podia tirar minha tia dessa, porque pra Deus nada é impossivel né? Mas infelizmente a hora dela chegou, fez sua parte aqui na terra, e agora esta nos braços de Deus.
Não existe dor pior do que perder alguem de nossa familia, por mais distante que seja essa pessoa, a familia vai se 'destruturando' mais unida ao mesmo tempo, porque um precisa do outro nessa hora tão dificil...

Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respeitar a nossa fraqueza. Então, são lágrimas suaves, de uma tristeza legítima à qual temos direito. Elas correm devagar e quando passam pelos lábios, sente-se aquele gosto salgado, límpido, produto de nossa dor mais profunda.


Conheço uma música que consegue expressar esse momento triste que todos passamos...ou ainda vão passar...

Na Dor de uma lágrima - Expressão ativa

Pra quem foi, pra quem ficou de quem vai, de quem fica
Só Deus explica, só Deus pra explicar
Pra me conformar, assim é a vida, a minha parte eu faço...

A vida segue o sentido a caminho da morte eu sei
Mas não me acostumei...
Com cadáveres, flores dentro de um caixão
Lágrimas dores dentro de um coração

Não me interessa como está o tempo, não
Dia de luto é muito sofrimento, então
Um silêncio toma conta de quem chora por dentro
E uma palavra de lamento, não pode amenizar
Esse momento triste de quem deixou de existir
Que nunca mais vai chorar, ou muito menos sorrir
O céu escuro sustenta um temporal que não acalma
Será chuva ou fúria, de Deus chorando pela alma
Não sei, não posso entender porque sou só um réu
Um réu que pode sentir que existe luz ali no céu
Prontas pra perdoar alguém que acabou de morrer
Numa viagem pro além, e nada supera a dor de quem ficou pra trás
Dos familiares, dos pais, os filhos choram demais
O sino toca pra fechar o caixão, com gritaria, com choro, o pastor termina sua oração
Mesmo sabendo que naquele corpo não há vida
O sentimento de perda, bate na hora da partida
Carregando uma rosa, cheguei perto da cova
Com aquele aperto no peito, expresso o meu sentimento
A multidão troca de mão pra carregar o corpo
E eu olhando aquela cena, vi que a vida é um sopro
Que a morte suga de volta no ultimo suspiro
O peso do mundo levou mais seis espíritos
Um minuto de silêncio tive esses pensamentos
Só voltei a mim, porque durante aquele sepultamento
Alguém gritou e eu ouvi ...
Porque mataram o meu filho meu Deus
Deus, meus olhos não vão resistir...

Canções da vida em notas tristes
Musicas verdadeiras, nunca são passageiras
Sempre tocam uma canção que mexe com seu coração
Então a saudade vem, te faz lembrar de alguém
De um fato triste, lamentável, quase inaceitável
Mais foi escrito assim, todo começo tem um fim
Só lembranças e boas recordações devem ficar
Pra continuar vivendo, pra não ficar sofrendo
Olha ser humano, o céu está sorrindo
O demônio está matando mas Jesus Cristo está vindo
É isso que me move, a minha fé me dá certeza
Morrer em vão não, morrer em Cristo assim seja
Aceitar que alguém que você ama vá é difícil
No jogo da vida a regra de Deus não é fácil
Eu faço um sacrifício, só pra não chorar
Mesmo chorando a todo tempo
Você não vê mas eu choro por dentro...


Entre a terra e o céu
hoje estou aqui, amanhã posso estar lá
na dor de uma lágrima...


Música inteira, pra quem quiser ouvir (:




3 comentários:

gutoappolo disse...

Nossa que post deprêeee...

priscila disse...

obrigada por seguir meu blog amr, estou seguindo aqui também!

Laís Ferreira disse...

Gosto de textos neste estilo, gostei.